publicidade

Política

Senado aprova lei que flexibiliza candidaturas mesmo com contas rejeitadas

por Antonio Neto no dia 15 de setembro de 2021 às 10:30
Foto: Agência Brasil

O plenário do Senado aprovou na última terça (14), um projeto de lei que flexibiliza a Lei de Inelegibilidade, visando permitir que detentores de cargos públicos, possam se candidatar a novos cargos, mesmo com contas irregulares, desde que tenham sido punidos somente com multas.

Agora o texto segue para sanção presidencial e para que passe a ser válido já para as eleições de 2022, precisa receber o “ok” do presidente até o dia 2 de outubro.  Atualmente quando um político tem as contas rejeitadas por ato doloso de improbidade administrativa, eles ficam inelegíveis por 8 anos.

A iniciativa sofreu pouca resistência no Senado e teve o apoio de senadores da oposição e da base do governo. Foram 49 votos a favor e 24 contrários.

 

LEIA TAMBÉM:

Mulher fica ferida após moto derrapar na pista por causa de óleo no Largo dos Mares

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar