publicidade

Economia

Criptomoeda dispara 1300% após Elon Musk dizer que tem cachorro com mesmo nome

por Whaley Emmanoel no dia 14 de setembro de 2021 às 15:00
Foto: Divulgação

A criptomoeda Floki Inu disparou mais de 1300% depois de uma simples publicação de Elon Musk. Em sua conta no Twitter, o bilionário publicou uma foto de seu novo cachorro, um filhote Shiba Inu com o nome Floki.

A publicação de Musk mostrava apenas a foto do cachoro com a legenda "Floki chegou". Foi o suficiente para que seguidores do bilionário fizessem com que o volume e a cotação da criptomoeda Floki Inu crescessem exponencialmente. De acordo com a CoinGecko, o preço do ativo disparou 1300%.

O cachorro da raça Shiba Inu - o mesmo que deu origem ao meme Doge e à criptomoeda dogecoin- tem o mesmo nome da criptomoeda-meme, a Floki Inu, cujo preço saltou quase 30 vezes após a publicação do bilionário.

Antes do tweet de Musk, a criptomoeda FLOKI era negociada por US$ 0,0000181, com um volume de US$ 2,4 milhões. Depois da postagem do bilionário, a moeda atingiu um pico de US$ 0,0000435, com um volume de US$ 28 milhões nas horas seguintes.

Por mais que não seja possível dizer que o movimento da criptomoeda está ligado apenas à publicação do bilionário, esta não é a primeira vez que Elon Musk é relacionado a fortes movimentos de alta no mercado de criptoativos, principalmente quando o assunto são as criptomoedas-meme inspiradas na imagem da raça Shiba Inu.

Durante boa parte de 2020 e também de 2021, o CEO da Tesla mencionou a dogecoin dezenas de vezes em seu Twitter, por meio de publicações e referências à criptomoeda em fotos de seu perfil, que geraram uma série de disparadas no preço do criptoativo. Além disso, em maio deste ano, o bilionário anunciou a DOGE-1, a primeira missão espacial paga integralmente com uma criptomoeda, a dogecoin.

 

 

Notícias: Economia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar