publicidade

Política

Ciro Gomes sugere que Lula dê "passo para trás" e não se candidate à presidência em 2022

por Antonio Neto no dia 06 de abril de 2021 às 14:10
Foto: PODER 360

Potencial candidato à presidência em 2022, Ciro Gomes (PDT) sugeriu que o ex-presidente Lula (PT), não seja candidato em 2022, visando uma união contra o atual presidente Jair Bolsonaro, durante debate no Instagram.  Segundo Ciro, o petista deveria “dar um passo para trás”.

“O Lula, que é um grande líder da história brasileira, mas a gente devia pedir a ele que se compenetrasse e que não imitasse o exemplo desastrado do Maduro na Venezuela ou o exemplo desastrado do Evo Morales na Bolívia e que olhasse o que a Cristina Kirchner fez na Argentina, em que, tendo uma força grande, deu um passo pra trás e ajudou a Argentina a se reconciliar", disse.  Kirchnner, que foi presidente da Argentina, se candidatou e foi eleita como vice, na chapa do atual presidente Alberto Fernández. 

Ciro também disse que para derrotar Bolsonaro é necessária uma “ampla aliança política” e que a administração do capitão tem sido desastrosa. "Derrotar Bolsonaro é muito importante, não por ódio a ele, mas para derrotar o desastre que ele está produzindo, na saúde, na economia, na relação internacional, em que o Brasil está desmoralizado", finalizou.

 

LEIA TAMBÉM:

IBGE decide suspender provas do concurso para o Censo 2021

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar