publicidade

Política

Rui Costa diz que 'tragédia' com PM na Barra se transformou em 'politicagem mesquinha'

por Whaley Emmanoel no dia 06 de abril de 2021 às 13:30
Foto: Reprodução

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, nesta terça-feira (6), o governador da Bahia, Rui Costa, disse que a morte do soldado da Polícia Militar, no dia 28 de março, no Farol da Barra, em Salvador, virou "politicagem".

"Como se as tropas do Brasil inteiro não quisessem salvar vidas humanas, que não quisessem conter as aglomerações. Infelizmente a tragédia ela foi apropriada de forma politiqueira, mesquinha, dentro de um contexto de discurso de ódio e aparelhamento ideológico do estado brasileiro", afirmou.

O soldado Wesley Soares foi baleado após ter passado cerca de quatro horas dando tiros para o alto e gritando palavras de ordem no Farol da Barra, um dos principais pontos turísticos de Salvador. Ele foi atingido por tiros por volta das 18h30, após ter erguido um fuzil e disparado contra os colegas da PM que negociavam a sua rendição. O soldado chegou a ser socorrido por uma ambulância e levado para o Hospital Geral do Estado, mas não resistiu aos ferimentos. 

 

 

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar