publicidade

Brasil

Governo tenta fazer com que empresas privadas assumam "cláusula de responsabilidade" da Pfizer em compra de imunizantes

por Antonio Neto no dia 01 de de 2021 às 15:50
Foto: Reprodução

O governo federal pretende fazer com que empresas privadas assumam as cláusulas e seguros exigidos pela Pfizer/BioNtech, para que a vacina produzida pelos laboratórios seja vendida em solo brasileira.

A decisão foi tomada em uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro, o presidente da Câmara, Arthur Lira e o do Senado, Rodrigo Pacheco, além dos ministros da Casa Civil, Saúde e Secretaria de Governo. 

Durante a reunião, a proposta apresentada foi que o governo federal arque com os recursos e com a intenção de compra, já que a Pfizer prioriza venda para governos e que um consórcio de empresas privadas, negocie as polêmicas cláusulas rejeitadas por Bolsonaro. Este grupo de empresas formaria um fundo capaz de arcar com o ônus que determina a isenção de responsabilidade da Pfizer em caso de efeitos colaterais inesperados da vacina. Originalmente a farmacêutica queria que o governo brasileiro assumisse qualquer culpa.

 

LEIA TAMBÉM:

Motorista perde o controle e tomba carreta em Feira de Santana

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar