publicidade

Brasil

Diretor do Butantan afirma que Ministério da Saúde ignorou ofícios com ofertas de compra da Coronavac

por Antonio Neto no dia 19 de fevereiro de 2021 às 17:20
Foto: Reprodução

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, revelou na tarde desta sexta (19), que o Ministério da Saúde ignorou 3 ofícios nos quais, o instituto oferecia doses da Coronavac à pasta em 2020.

Segundo Covas, os documentos foram enviados em julho, agosto e outubro de 2020, com uma proposta para que o governo comprasse 60 milhões de doses do imunizante para entrega ainda em 2020 e 100 milhões para entrega em 2021.  Outros dois comunicados, igualmente ignorados foram enviados em dezembro e fevereiro.

O Ministério da Saúde, não se manifestou sobre o assunto.  Desde então a pasta já formalizou a compra de 100 milhões de doses a serem entregues até setembro, além de ter solicitado a compra de 30 milhões de imunizantes extras.  

 

LEIA TAMBÉM:

Príncipe Harry e Megan Markle cortam laços com a Família Real Britânica de forma definitiva

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar