publicidade

Economia

Sem desistir de "nova CPMF", Paulo Guedes vê possibilidade de taxar transações no Pix

por Antonio Neto no dia 21 de November de 2020 às 09:20
Foto: Reprodução

O ministro da Economia, Paulo Guedes parece não ter desistido da ideia de criar uma “nova CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira)” e o Pix, novo método de transferências do Banco Central passou a ser visto como uma oportunidade para o titular da Economia.

Guedes disse durante uma videoconferência com executivos do Banco Bradesco que o governo pode taxar transações feitas pelo Pix e que os valores seriam baixos. A criação do imposto, porém, tiraria o grande atrativo do novo programa, que é justamente a gratuidade das movimentações nele realizadas. 

Mesmo com o ministério e o ministro dispostos a criar o novo imposto, a ideia ainda encontra resistência por parte de parlamentares e até mesmo dentro do próprio sistema bancário.  Sobre isso, Guedes já deixou claro que não o fará mudar de ideia.

 

LEIA TAMBÉM:

Acumulada, Mega-Sena sorteia hoje (21) prêmio de R$ 75 milhões

Notícias: Economia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar