publicidade

Brasil

Morte por espancamento de homem negro no Carrefour gera protestos em capitais brasileiras

por Antonio Neto no dia 21 de November de 2020 às 08:20
Foto: Reprodução

O assassinato de João Alberto Silveira Freitas de 40 anos, espancado em uma filial do supermercado Carrefour em Porto Alegre na noite da última quinta (19), gerou protestos em algumas cidades brasileiras.

João foi espancado por seguranças do supermercado após um desentendimento. No Rio de Janeiro, um grupo manifestou pacificamente a gerência do Carrefour fechou uma unidade do mercado.

Em São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte, o clima foi mais tenso.Nas duas primeiras, manifestantes entraram em unidades do Carrefour e quebraram vidraças e portões, na capital paulista, um grupo chegou a atear fogo em produtos da loja.

 

LEIA TAMBÉM:

Homem acusado de abusar de criança de 12 anos é preso em Juazeiro

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar