publicidade

Cidade

Moradores mostram e-mail de síndico que afirma que Bruno Reis usou dinheiro público para reformar quadra de condomínio

por Whaley Emmanoel no dia 16 de October de 2020 às 17:50
Foto: Reprodução

Em contato com o site Radar da Bahia, moradores do Condomínio Residencial Dois de Julho, na Estrada Velha do Aeroporto, encaminharam imagens, comprovando que, no dia 11 de setembro deste ano, as obras da quadra poliesportiva seriam iniciadas pela prefeitura. 

O caso é um desdobramento de um vídeo que tem circulado nas redes sociais, em que o candidato à Prefeitura do Salvador, Bruno Reis (DEM), é acusado por uma moradora de usar dinheiro público para fazer uma obra de R$ 90 mil na quadra do condomínio. Ele foi expulso do condomínio. 

No documento datado em setembro, o síndico imforma que "é importante ressaltar que esta obra foi orçada em mais de R$ 90 mil e o Condomínio Residencial Dois de Julho A vida não irá gastar nenhum valor com essa obra".

As imagens mostram que mais de 800 moradores pagam uma taxa de condomínio no valor de R$ 251,60, arrecadando uma receita anual de R$ 1,5 milhão.

A moradora responsável pela gravação, que preferiu não se identificar, disse que indignação dela surgiu no momento que Bruno Reis foi até o condomínio buscar voto e fazer, segundo ela, "palanque". A ação, ainda conforme o relato da denunciante, vai de contra ao regime do conjunto residencial de que as áreas comuns, que não podem ser usadas para o viés político. 

A moradora afirmou também que a única pessoa que sabia que a obra seria paga pela prefeitura era o síndico, e que os demais moradores só descobriram no dia 11 de setembro deste ano.

Questionada se o canditado já tinha ido no local outras vezes, a moradora afirmou: "Ele já tinha vindo aqui colocar a lâmpada led nos postes".

Em resposta, a assessoria de Bruno Reis disse que a denúncia estava com cara de “armação”. Questionada sobre a declaração da assessoria, a moradora rebateu e disse que "os fatos provam por si só que não foi [armação]. Tem o comunicado ai que recebemos no dia 11 de setembro. Tem o vídeo dele na frente da quadra do meu condomínio, tem áudio de morador da outra vez que ele veio aqui prometendo obras", relatou.

Por fim, a denunciante seguiu explicando sua indignação. "Se ele melhorasse o transporte público pra o lado de cá,  investisse no aumento de frota, sim pq são serviços públicos que beneficiaria as comunidades ao redores e até valorizaria nosso imóvel. Mas essa reforma ai é fora de contexto. E já que ele tá fazendo e é certo, pq ele não assume e diz que é armação?", concluiu.

 

 

 

 

SAIBA MAIS:

Bruno Reis é acusado de gastar dinheiro público em condomínio: "Vai pra dentro de comunidade carente"; assista

Notícias: Cidade

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar