publicidade

Economia

Receita do turismo baiano recuou 73,3% no segundo trimestre do ano

por Redação Radar da Bahia no dia 13 de October de 2020 às 16:30
Foto: Reprodução

A receita nominal das atividades turísticas da Bahia caiu 73,3% no segundo trimestre do ano. Em volume de atividades, o estado descreceu 72%. Os resultados são da Pesquisa Mensal de Serviços, do IBGE, com dados regionais coletados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). A pandemia de Covid-19 foi um dos principais fatores para o declínio.

“O 2° trimestre de 2020 foi caracterizado pelo avanço da pandemia do coronavirus no Brasil e na Bahia. As limitações no transporte de passageiros e o isolamento social fizeram com que o setor sentisse dramaticamente os efeitos da pandemia”, destaca Armando de Castro, diretor de Indicadores e Estatísticas da SEI.O fluxo de passageiros nos aeroportos praticamente foi a zero, com declínio de 93,5% (demanda doméstica) e 99,8% nos voos internacionais.

Segundo a Secretária da Fazenda (Sefaz), o estado da Bahia arrecadou em ICMS aproximadamente R$ 1,2 bilhão nas atividades turísticas no 2º trimestre de 2020, com queda nominal de 26,3% em relação ao mesmo trimestre de 2019.Nos meios de hospedagem, a taxa média de ocupação em Salvador teve queda de 37 pontos percentuais no comparativo com mesmo período de 2019.

 

 

LEIA TAMBÉM:

Mulher é morta a facadas em Canavieiras; companheiro é procurado pela polícia

Notícias: Economia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar