publicidade

Mundo

Universidade de Oxford anuncia retomada de testes clínicos da vacina para Covid-19

por Neison Cerqueira no dia 12 de September de 2020 às 12:45
Foto: Dado Ruvic / Reuters

Os testes para avaliação da vacina ChAdOx1 nCoV-19, DA Universidade de Oxford, recebeu o sinal verde e vai retormar os testes do imunizante produzido em parceria com a farmacêutica AstraZeneca.

As amostras foram pausadas a avaliação de reação adversa em uma voluntária britânica, e dependiam do aval de um comitê independente para serem retomados. O imunizante é testado no Brasil. Até o momento, 18 mil voluntários já receberam a vacina, que se encontra na fase três das pesquisas. 

A Universidade de Oxford informa que é esperado que em testes de eficácia como esse alguns participantes apresentem efeitos colaterais, que devem ser avaliados caso a caso para que os estudos continuem. Os ensaios clínicos já passaram pelas fases um e dois. 

Desde o último dia 6 de setembro que a pesquisa foi interrompida, segundo a universidade, para que os dados fossem avaliados pello comitê independente e por reguladores do governo britânico. As reuniões de rotina seguiram, mas a vacinação de voluntários ficou em pausa.

A avaliação independente concluiu que os ensaios podem ser retomados, segundo a Oxford. "Não podemos divulgar informações médicas sobre a doença por razões de confidencialidade dos participantes", afirmou a universidade, em comunicado. "Estamos comprometidos com a segurança dos nossos participantes nos níveis mais altos da condução do estudo, e continuaremos a monitorar de perto a segurança".

 

LEIA TAMBÉM:

Polícia prende mulher apontada como responsável pela distribuição de drogas em Salvador e RMS

Notícias: Mundo

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar