publicidade

Esportes

NOVO COMANDANTE! Bahia oficializa a contratação do técnico Mano Menezes

por Neison Cerqueira no dia 09 de setembro de 2020 às 19:35
Foto: Divulgação / EC Bahia / Twitter

O Bahia oficializou a contratação do técnico Mano Menezes (58 anos), que fica no Tricolor até o final de 2021. O acerto entre as duas partes era dado como certo, e se concretizou na noite desta quarta-feira (9). 

Mano chega em Salvador na quinta (10), onde já acompanhará o confronto contra o Grêmio, no estádio de Pituaçu. Seu primeiro trabalho com o elenco Tricolor será na sexta (11), no CT Evaristo de Macedo, na Cidade Tricolor. Ele comanda a equipe domingo (13), em Pituaçu, às 18h, diante do Atlético Goianiense. 

Com um currículo extenso, Mano chega com a responsabilidade de levar o Bahia a voos maiores no Brasileirão e na Copa Sul-Americana. Seu último trabalho foi no Palmeiras, quando em 20 jogos, perdeu apenas 4 e alcançou um aproveitamento de 63%, classificando o alviverde para a fase de grupos da Libertadores. 

O comandante do Bahia se destacou no cenário nacional na campanha da Copa do Brasil de 2004 pelo 15 de Novembro-RS, quando levou a equipe até a semifinal da competição daquele ano. Como técnico, começou a carreira em 1997, no Guarani-RS, depois de maturar no futebol de base. Lá ganhou um Campeonato Gaúcho do Interior, em 2002.

Mano também acumula passagens pelo Cruzeiro. Comandando a Raposa, ele conquistou dois títulos Estaduais, e as Copas do Brasil de 2017 e 2018. No Corinthians, esteve à frente do alvinegro por 248 jogos. Em 2014 conseguiu vaga para a Taça Libertadores. Na primeira, de 2008 a 2010, faturou tanto a Copa do Brasil quanto o Campeonato Paulista em 2009, assim como a Série B da temporada anterior.

O próximo passo de Mano foi na Seleção Brasileira, onde permaneceu de 2010 a 2012, com 40 jogos, 27 triunfos, 72% de aproveitamento e dois títulos do Superclássico das Américas. Ele também passou pelo Flamengo em 2013. No Grêmio entre 2005 e 2007, período em que alcançou a final da Libertadores, levantou dois Estaduais e o acesso naquela que ficou conhecida como ‘Batalha dos Aflitos’. O técnico também acumula passagem pelo Shandong Luneng, da China. 

 

LEIA TAMBÉM:

Filho do presidente do STJ é acusado pela Lava Jato de receber R$ 82 milhões para influenciar em decisões da corte

 

 

Notícias: Esportes

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar