publicidade

Espiritualidade

Em Louvor da Amizade

por Redação Radar da Bahia no dia 09 de August de 2020 às 07:00
Foto: (Reprodução)

“O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade.” – Provérbios 17.17

Tinha outra ideia para o artigo de hoje. Nesse pouco tempo de coluna, já escrevi sobre a amizade e, por isso, ela não estava em meu horizonte para os próximos artigos. Mas acontece que Juliana escreveu um poema para Camila. Camila está num desses momentos de adversidade, que logo passará, e Juliana é essa “amiga mais chegada que irmã” (cf. Provérbios 18. 24) que resolveu cobri-la de afeto. É que amigas e amigos são assim. Se pudessem, faziam cessar imediatamente a chuva tempestuosa que cai sobre nós; não podendo, abrem-se em guarda-chuvas. A poesia é soberana, e falou comigo como um deusa: “antes que sua ideia de artigo existisse, Eu Sou”. Vi o poema e toda a história de amizade e cuidado mútuo que ele comporta. Imaginei Camila querendo tomar um porre de desencanto. Juliana, prontamente, a serviu: “aqui está, minha amiga, uma dose de Graça pura, sem gelo”. E Camila foi renovada ao tomar um grande “porre” do amor de Deus, servido em versos. É que, como aprendi com o Pastor Tarsis Wallace, a Graça é exatamente isso: “o encanto de Deus no desencanto humano”. 

O encontro com o “Poema para Camila” foi pra mim como uma dessas experiências de epifania que se impõe sobre a normalidade das coisas. Fui completamente arrebatado e cá estou com a imperiosa necessidade de escrever em louvor da amizade. A amizade é uma das poucas instâncias da existência em que podemos mergulhar de alma nua, sem medo de censuras. O colo amigo é um lugar de aconchego, afago e segurança. Como diz o provérbio bíblico em epígrafe, amigos de verdade nos ama em quaisquer circunstâncias, celebra a vida com a gente e, no tempo da adversidade, nos oferece um suplemento de amor por todos os meios que consegue, como, por exemplo, um poema. A amizade é um oásis em meio aos desertos existenciais. Há quem pense que para aprofundar sua espiritualidade precisa viver acontecimentos sobrenaturais. Não desprezo tais fenômenos, mas estou convencido, por experiência própria, de que a amizade é um dos recônditos privilegiados em que damos de cara com Divino. Amigos e amigas olham pra gente com cara de Deus. O amor que dispensam a nós é encarnação da Graça; revelação do Mistério Sagrado. Deus é amor; Deus mora nas relações e nos gestos sinceros de amor.

Escrevo este texto, no rastro de Juliana, ainda que sem o mesmo talento poético dela, como um presente para a minha querida amiga Camila. Mas também o dedico aos meus poucos amigos e amigas que são, cada um deles, pessoa-lugar em que encontro vida e me encontro com o Autor da vida. Por fim, faço destas linhas um incentivo para o cultivo da amizade. Sim, recorro aqui ao velho e sábio clichê: a amizade, como todo relacionamento afetivo, precisa ser cultivado, caso contrário, murcha, seca e morre. Estamos num tempo de distanciamento social, mas não precisa ser de solidão. O amor desconhece barreiras. Penso que, nesse momento de instabilidades e incertezas pelo qual passamos, a manifestação de afeto entre amigos e amigas é um poderoso instrumento de resistência às forças da morte e uma fonte de renovação de esperança e vida. Por isso, após me ler, gostaria que você encontrasse hoje uma forma de demonstrar seu amor aos seus amigos e amigas mais íntimos. Você pode ligar; mandar uma mensagem; enviar uma carta, um presentinho confeccionado por suas próprias mãos ou um objeto que tenha carga afetiva pra vocês; etc. Quem sabe um poema, como fez Juliana para Camila? Para encerrar nosso encontro de hoje, deixo com vocês o “Poema para Camila”, da autora, Juliana Maria.

Do seu amigo e pastor, Danilo Gomes.

 

*Poema para Camila*

Camila é sonho, é raio de sol

que entra pela janela,

dá brilho aos meus olhos

e me aquece e me leva de leve

para um lugar chamado ternura.

 

Camila é o rosa

e o azul se misturando

em nova cor,

de um arco-íris

feito só de carinho.

 

Camila é luz

que surge 

e toca minhas mãos

e ameiga meu rosto

afaga meus cabelos

e fica até que eu durma.

 

Camila está sempre no ar,

com seu perfume, 

suas cores e formas

de flor e estrela.

 

Camila é o conforto de um abraço

É uma porta sempre aberta em qualquer situação.

 

Camila é amiga na hora certa, é sol da manhã, 

estrela na escuridão.

 

Camila é bússola

 é rota no oceano,

porto seguro da tripulação.

 

Camila é o milagre do calor humano

que Deus opera em nossos corações.

 

Quero que saiba Camila

Que meu ombro é seu para você chorar

Sempre que precisar,

Mas precisando sorrir,

Conte também comigo

Pois em mim, podes dizer,

Que tem sempre uma amiga.

 

Juliana Maria

03.08.2020

Notícias: Espiritualidade

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar