publicidade

Brasil

COM QUE DIREITO? Médico aponta arma para paciente e é preso por porte ilegal

por Neison Cerqueira no dia 31 de July de 2020 às 11:40
Foto: Divulgação

A polícia prendeu um médico depois dele sacar uma arma dentro do consultório durante uma briga com um paciente, nesta quinta-feira (30), no Rio de Janeiro. De acordo com informações do G1, eles discutiram sobre um exame para detectar o coronavírus.

Acionada, a polícia encontrou bem mais do que uma arma com o médico. Na investigação, os agentes encontraram dentro do carro do médico um revólver, uma pistola, soco inglês, duas facas, munições de diferentes calibres e um carregador de pistola.

Conforme o G1, o paciente teve coronavírus há mais de 2 meses e por se sentir ainda muito cansado, marcou uma consulta com o pneumologista Enio Studart, que atende na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Durante a consulta, os dois se desentenderam. 

O médico abriu uma mochila, apontou uma arma e começou a ameaçá-lo. Assustado, o paciente deixou a clínica e chamou a Polícia Militar. Os dois foram levados para a 16ª DP (Barra da Tijuca). O médico prestou depoimento e deu sua versão dos fatos. Ele foi preso em flagrante por ameaça e porte ilegal de arma de fogo.

 

LEIA TAMBÉM:

ACERTARAM MAIS UMA? Os Simpsons previram nota de R$ 200 em 2014

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar