publicidade

Brasil

Associações LGBTQI+ entram com representação contra Silas Malafaia junto ao MP-RJ

por Antonio Neto no dia 31 de July de 2020 às 10:50
Foto: Reprodução

O Grupo Arco Íris e a Associação LGBTI+ entraram com uma ação criminal junto ao Ministério Público do Rio de Janeiro com uma representação criminal contra o pastor Silas Malafaia.

Em uma rede social, o pastor propôs um boicote à marca Natura, que escolheu Thammy Miranda, umas transgênero como o rosto da campanha do Dia dos Pais.  Filho de Gretchen, Thammy fez a transição e hoje tem um filho concebido por meio de inseminação artificial.

Segundo as associações Malafaia "constrói uma narrativa social que propaga o ódio, incita a violência e não garante o livre desenvolvimento da personalidade de pessoas de identidade de gênero ou de orientação sexual divergentes das hegemônicas".

 

LEIA TAMBEM:

SÓ AUMENTA: 91.416 mortes por Covid-19; número de casos ultrapassa 2,6 milhões

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar