publicidade

Brasil

Ex-secretário de Saúde é preso por irregularidades em contratos durante a pandemia

por Neison Cerqueira no dia 10 de July de 2020 às 08:40
Foto: Reprodução / TV Globo

A polícia prendeu o ex-secretário de Saúde Edmar Santos na manhã desta sexta-feira (10) em seu endereço residencial, no bairro Botafogo, na Zona Sul do Rio. As investigações apontam que o ex-secretário é suspeito de irregularidades nos contratos de Saúde do RJ durante a pandemia de Covid-19.

Ele é suspeito de fraudes, inclusive já apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado, em alguns contratos firmados sem licitação, entre eles, o de compra de respiradores, oxímetros e medicamentos e o de contratação de leitos privados. 

Ao todo, o governo do Rio de Janeiro gastou R$ 1 bilhão para fechar contratos emergenciais. Edmar foi preso durante operação do Ministério Público estadual. Além dele, outras sete pessoas são acusados pelo Ministério Público de improbidade administrativa.

Edmar foi preso na Operação Mercadores do Caos, que também cumpre mandados de busca e apreensão na outra casa dele em Itaipava. Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Criminal Especializada da Capital.

 

LEIA TAMBÉM:

Caminhão explode enquanto pessoas saqueavam combustível na Colômbia

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar