publicidade

Política

Bolsonaro diz que vídeo divulgado pelo STF não aponta interferência sua na PF

por Antonio Neto no dia 23 de May de 2020 às 09:20
Foto: Reprodução/TV Globo

O presidente Jair Bolsonaro disse na noite da última sexta (22), que o vídeo da reunião ministerial, divulgado pelo ministro do STF, Celso de Mello na tarde de sexta, não traz provas de interferências suas na Polícia Federal.

No vídeo, Bolsonaro até chega a falar sobre “trocar a segurança no Rio de Janeiro, antes que f**** minha família e amigos” e cita brevemente a PF, quando disse que não tem informações da mesma.

"Repito, cadê a parte desse vídeo de duas horas onde minimamente tem indícios de que eu teria interferido na Polícia Federal, na superintendência do Rio de Janeiro ou na diretoria-geral da PF? Não tem nada" disse o presidente, que se defendeu de críticas a seu linguajar e de alguns ministros durante o vídeo.  "Foi uma reunião reservada de ministros, não foi uma reunião aberta. A responsabilidade é do ministro Celso de Mello" finalizou.

 

LEIA TAMBÉM:

Bahia ocupa segundo lugar no ranking nacional de testagens

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar