publicidade

Esportes

Campeonato Alemão volta com goleada, mas jogadores não respeitam protocolo

por Whaley Emmanoel no dia 17 de May de 2020 às 12:00
Foto: Reprodução

O Campeonato Alemão voltou a ser disputado neste sábado (16). Foi o primeiro torneio do futebol europeu a retornar desde a paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus. O futebol no continente foi interrompido em março por causa da doença.

O que mais chamou a atenção foi o protocolo adotado para a volta do futebol. Os reservas ficaram sempre de mascaras, sentados com distancia de dois metros de um para o outro. As bolas foram desinfetadas pelos gandulas, os gols não puderam ser comemorados em grupo para evitar uma eventual propagação do vírus. Nem todos respeitaram a as normas.

O brasileiro Matheus Cunha, ao anotar o mais belo gol da rodada, sobre o Hoffenheim, recebeu abraços e um beijo no rosto, o que vai contra a determinação da liga. Marcos Thuram, do Borussia Monchengladbach, celebrou seu gol pela equipe com um beijo no rosto de um companheiro.

Chamou a atenção outros momentos dos jogos em que foi impossível respeitar qualquer distanciamento social. As barreiras de falta e o agarra-agarra entre atletas nos escanteios, comuns no futebol, continuaram acontecendo.

Apareceram imagens de jogadores cuspindo ou assoando o nariz em campo, assim como instantes em que colocaram as mãos no rosto, algo que não foi recomendado.

Dois dos principais temores das autoridades não ocorreram, pelo menos nos primeiros jogos. Nenhum jogador se machucou com gravidade tal que tivesse de ser levado para o hospital. E o público não se reuniu fora dos estadios para assistirem aos jogos.

 

 

LEIA TAMBÉM:

Morre jornalista e escritor Luiz Maklouf Carvalho

Notícias: Esportes

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar