publicidade

Saúde & Bem Estar

Pacientes com Covid-19 apresentam quadros de trombose

por Redação Radar da Bahia no dia 13 de May de 2020 às 15:20
Foto: Reprodução

A trombose é a formação de coágulos no interior das veias e artérias, que causam a obstrução total ou parcial dos vasos. Os locais de maior incidência da doença são as extremidades, principalmente as pernas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 37 segundos, uma pessoa morre por complicações de um coágulo sanguíneo. De fato, as comorbidades vasculares estão entre os fatores de risco do novo coronavírus.

Evidências clínicas do Covid-19 têm revelado a formação de trombos em pacientes com ou sem histórico de doenças vasculares. Alguns pacientes com Covid-19 estão apresentando maior suscetividade a desenvolver coágulos sanguíneos.

“Os trombos formado em pernas, braços, abdômen, podem desgarrar-se, viajar pelos vasos, sempre terminando sua viagem nas artérias pulmonares e causando a obstrução deste vaso, provocando a embolia pulmonar”, informa o pneumologista João Moysés.

A Inflamação pelo o vírus da COVID-19, parece causar uma resposta ao sistema imunológico de forma descontrolada, com ativação excessiva de macrófagos que causam um aumento exagerado da trombina propiciando a formação de coágulos sanguíneos. Alguns estudos em andamento foram publicados em revistas de conceito na comunidade científica, acerca da correlação da trombose e o Covid-19.

Pacientes com queixas de dor torácia, falta de ar, palpitações , tonturas ou desmaios podem estar fazendo um quadro de embolia pulmonar que pode ser agravada nos pacientes contaminados pela Covid-19. Portanto é mais do que recomendável procurar um serviço de emergência, quando aparecer estes sintomas.

A prevenção da doença consiste em minimizar ao máximo os fatores de risco como a obesidade, o uso de anticoncepcionais e terapia de reposição hormonal, dentre outros.

Sempre é bastante aconselhável  adotar algumas medidas como: evitar o excesso de peso, a imobilidade por períodos prolongados . O ideal é praticar atividades físicas regularmente.

O tratamento da trombose e embolia pulmonar  são realizados com a prescrição de  anticoagulantes para evitar a formação do cóagulo dentro dos vasos. Estas medicações podem ser administradas por via venosa, oral ou subcutânea , de acordo com cada caso.

Embolia pulmonar é uma patologia que apresenta risco de vida , com taxas de mortalidade que variam de 8% , se tratada até 30% , sem tratamento, reforça o médicoJoão Moyses.

 

 

LEIA TAMBÉM:

Com inflamação nos rins, cantora Ludmilla é internada no Rio de Janeiro

Notícias: Saúde & Bem Estar

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar