publicidade

Política

MAMATA! Governo nomeia ex-assessor de Carlos Bolsonaro; salário é mais de R$ 10 mil

por Neison Cerqueira no dia 02 de April de 2020 às 12:40
Foto: Divulgação

O governo não publicou no Diário Oficial da União (DOU) a Renda Básica Emergencial (RBE), mas o ex-assessor do vereador do Rio e filho do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, foi nomeado para o cargo Diretor do Centro de Programas Integrados da Fundação Nacional das Artes (Funarte) nesta quarta-feira (1º).

Luciano da Silva Barbosa Querido trabalhou no gabinete do vereador carioca entre os anos 2002 e 2017. O órgão da Secretaria Especial da Cultura, vinculada ao Ministério do Turismo, tem como principais atribuições a preservação, o registro e difusão do acervo da instituição. 

Com a contratação, Querido terá o salário de R$ 10.373,30, segundo dados da Tabela de Remuneração de Cargos Comissionados, dentro do Sistema de Informações Organizacionais do governo federal.

 

LEIA TAMBÉM:

Sobe para 246 o número de mortos por Covid-19 no Brasil, com mais de 6,9 casos confirmados

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar