publicidade

Polícia

Paciente armado se recusa a ser internado e ameaça médico com faca; Bope intervém

por Redação Radar da Bahia no dia 31 de March de 2020 às 19:10
Foto: Divulgação / SSP

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar ajudou médicos e enfermeiros de uma clínica na interneção de um paciente com distúrbios mentais. O caso aconteceu, no final da manhã desta terça-feira (31), em Salvador.

Os militares foram acionados, pois o rapaz ameaçou, com uma faca, os profissionais de saúde. A Equipe de Negociação do Bope, diante da situação de crise, deu início ao processo de convencimento.

Após cerca de 1h de diálogo, uma célula tática da unidade especializada da PM entrou pelo fundo do imóvel onde estava o homem e conseguiu imobilizá-lo. "Fomos eficientes e o paciente foi entregue às equipes de saúde sem qualquer tipo de ferimento", informou o comandante do Bope, major Clédson Conceição.

 

LEIA TAMBÉM:

LA VUE: Geddel é condenado por improbidade administrativa pela Justiça Federal

Notícias: Polícia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar