publicidade

Cidade

COVID-19: grupo de pesquisa faz levantamento e aponta quais bairros terão disseminação acelerada

por Neison Cerqueira no dia 31 de March de 2020 às 09:40
Foto: Divulgação

O grupo GeoCombate Covid-19 BA, montado pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), realizou um estudo que apontou quais bairros de Salvador estão mais suscetíveis para a disseminação da Covid-19, doença causada pelo coronavírus. As condições sanitárias e o fluxo de transporte do município são determinantes para apontar quais as regiões mais propensas à alta propagação do vírus. 

Estão entre os principais bairros: Tororó, Vila Canária, Santa Cruz, Pirajá, Nova Constituinte, Santa Luzia, Boa Vista de São Caetano e Sussuarana. O grupo, que é coordenado pela Ufba, analisou dados coletados em 23 de março. Os bairros mais vulneráveis ao contágio estão nas regiões centrais da Área Urbana Consolidada e no Subúrbio Ferroviário e Miolo, onde os índices de pobreza são historicamente mais elevados.

Ainda conforme o levantamento, a população mais suscetível à contaminação por conta do grupo de risco se faz presente nos bairros próximos ao litoral e ao centro da cidade, como Barra, Pituba, Horto Florestal, entre outros. O estudo, porém, leva em consideração a alta renda, o acesso à água e as condições sanitárias em melhor estado do que as áreas do subúrbio e no miolo da capital baiana. 

 

LEIA TAMBÉM:

BOLETIM SESAB: sobe para 176 o número de casos da Covid-19; segunda morte é confirmada

Notícias: Cidade

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar