publicidade

Política

Geddel tem pedido de prisão domiciliar negado pelo STF

por Isabela Rocha no dia 30 de March de 2020 às 19:20
Foto: Evaristo Sa / AFP

O ex-ministro Geddel Vieira Lima teve o pedido de prisão domiciliar negado pelo ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira (30). Os advogados pediram o benefício no dia 18, argumentando que o ex-ministro se enquadra nas condições de risco em relação ao novo coronavírus - é idoso e tem doenças crônicas.

O emedebista foi condenado, junto com o irmão Lúcio Vieira Lima por lavagem de dinheiro e associação criminosa. A condenação está relacionada ao caso dos R$ 51 milhões encontrados em malas de dinheiro e caixas em um apartamento em Salvador em 2017.

Fachin afirmou que recebeu informações do juiz responsável pela execução da condenação de Geddel em relação às condições da prisão onde está o ex-ministro. O ministro afirmou ainda que Geddel está em "cela individualizada" e apresentou todas as providências tomadas para a prevenção da transmissão do coronavírus no local.

 

 

SAIBA MAIS:

Defesa de Geddel pede prisão domiciliar para ex-ministro por conta do coronavírus

"Todos são iguais", afirma defesa de Geddel que pede liberdade do ex-ministro

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar