publicidade

Política

Em carta, Consórcio Nordeste reitera que vai manter medidas preventivas contra a Covid-19

por Isabela Rocha no dia 25 de March de 2020 às 17:40
Foto: Gab / GOV

Os governadores dos nove estados do Nordeste, que integram o Consórcio Nordeste e tem como presidente o governador da Bahia, Rui Costa (PT), divulgaram na tarde desta quarta-feira (25), uma carta em que afirmam que vão manter as medidas preventivas já tomadas com relação ao novo coronavírus, mesmo após o presidente Jair Bolsonaro pedir o fim do isolamento social.

Os líderes pontuam que as determinações continuarão válidas, de acordo com os registros dos órgãos oficiais de saúde de cada estado. Entre as medidas tomadas pelo governo da Bahia estão o fechamento de escolas, suspensão de voos de/para cidades contaminadas e fechamento de rodoviárias. Veja todas as medidas aqui.

No documento, eles alertam que é "um momento de guerra" contra uma doença altamente contagiosa e com milhares de vítimas fatais em todo o mundo, e que a decisão prioritária foi a de cuidar da vida das pessoas, não esquecendo da responsabilidade de administrar a economia dos estados.

O posiconamento agressivo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante pronunciamento na noite de terça-feira (24) também foi citado no documento. Os nove governadores se disseram frustrados com o posicionamento agressivo da presidência da república e disseram que ele "deveria exercer o seu papel de liderança e coalizão em nome do Brasil".

Na noite do mesmo dia, Rui Costa e o prefeito ACM Neto se manifestaram contra a fala do presidente Jair Bolsonaro, após o pronunciamento.

 

LEIA TAMBÉM:

Em cadeia nacional, Bolsonaro faz pronunciamento e causa perplexidade em políticos e autoridades

Presidente da Câmara, Senado, OAB e ministro do STF repercutem pronunciamento de Bolsonaro

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar