publicidade

Política

ACM Neto e Rui Costa criticam pronunciamento de Bolsonaro

por Neison Cerqueira no dia 25 de March de 2020 às 10:30
Foto: Divulgação

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o governador da Bahia, Rui Costa (PT), se posicionaram após o pronunciamento em cadeia nacional do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), na noite desta terça-feira (24). O gestor municipal da capital baiana é aliado do ministro da Saúde do governo Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta. 

Presidente do Democratas, Neto classificou como lamentável a declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre a crise do coronavírus. “Lamentável ver todo o esforço que estamos fazendo para tentar proteger a população e o presidente da República ter esse tipo de postura”, afirmou ACM Neto, à coluna Painel, da Folha de S. Paulo. 

Já o governador Rui Costa reafirmou que não irá “baixar a guarda” e que irá “continuar lutando firmemente com todas as forças” no conjunto de medidas de combate ao coronavírus no estado. “Vou cuidar sim da vida das pessoas. É momento da Bahia unida independentemente das suas preferências políticas, das suas crenças, dos credos. Estamos vivendo uma grave crise. Estamos lutando para superá-la. Aqui, registro a minha solidariedade a todos os estados do Nordeste. A todo o Brasil. É uma guerra. Que Deus nos dê equilíbrio e força. Vamos vencer. Todos contra o coronavírus!!!!”, escreveu o governador no Twitter. 

A postagem foi feita logo após o presidente Jair Bolsonaro desestimular em discurso das medidas gerais de restrição que estão sendo tomadas por prefeitos e governadores do Brasil contra a doença.

 

LEIA TAMBÉM:

Reforce o consumo de alimentos ricos em vitamina D durante a quarentena social

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar