publicidade

Política

RACISMO? Bolsonaro 'brinca' com deputado negro: "Deu uma queimadinha no Hélio '

por Neison Cerqueira no dia 21 de February de 2020 às 16:00
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltar a proferir colocação de cunho racista. Ele atribuiu a cor do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ), que é negro, ao tempo a mais que ele teria passado na barriga da mãe. 

O presidente, por meio de uma metáfora, comparou a gestação a um forno, e Hélio teria dado uma "queimadinha" ao demorar dez meses para nascer. A declaração foi dada em uma transmissão nas redes sociais na quinta-feira, 20.

A conversa teve a participação do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni. Ele e o presidente falavam sobre a alimentação de soldados quando Bolsonaro chamou o deputado Hélio, que é militar, à conversa. "É isso mesmo, "Negão"? Dá um exemplo de cardápio do exército aí". "O 'negão' é o Hélio, hein, meu irmão que demorou para nascer. Demorou dez meses para nascer. Deu uma queimadinha no Hélio aí senão ele seria a minha cara", disse o presidente, aos risos.

Hélio foi eleito deputado em 2018 com o nome "Hélio Bolsonaro". Ele é amigo de longa data do Presidente da República. Figura constantemente vista ao lado do presidente, foi o deputado federal mais votado do Rio de Janeiro, com mais de 345 mil votos.

Subtenente do Exército na reserva, é conhecido como "Hélio Negão" no círculo próximo ao presidente. O presidente Bolsonaro costuma usar sua amizade com Hélio para rebater as acusações de que é racista.

 

LEIA TAMBÉM:

Claudia Leitte cancela 'voo' sobre os foliões do bloco 'Blow Out'

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar