publicidade

Esportes

Vasco envia carta de repúdio a Conmebol após caso de racismo

por Antonio Neto no dia 21 de February de 2020 às 11:40
Foto: Reprodução/DAZN

Após o empate em 0x0 diante do Oriente Petrolero da Bolívia, pela Copa Sul-Americana, O Vasco enviou uma carta de repúdio a Conmebol por um caso de racismo com dois de seus jogadores durante a partida na última quarta (19).

O goleiro Alexander e o meia Juninho, foram vítimas de gritos racistas por parte dos torcedores bolivianos que estavam posicionados atrás do banco da equipe carioca.  Eles reclamaram com o juiz e o goleiro acabou advertido com cartão amarelo, o zagueiro Ricardo Graça também foi punido após tentar intervir.

 "Tomamos todas as medidas. Nosso gerente, o André Souza, no mesmo momento, contatou o delegado da partida, antes mesmo de finalizar a súmula. E hoje nós enviamos um termo de contestação justamente para reforçar a nossa posição e para contestar o cartão amarelo sofrido pelo nosso atleta. A gente repudia veementemente" disse o diretor-executivo de futebol do Vasco André Mazzuco.

 

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro viajará aos EUA para tentar construção de fábrica da Tesla no Brasil

Notícias: Esportes

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar