publicidade

Brasil

STJ deve recusar federalização e manter caso Marielle sob investigação da polícia carioca

por Antonio Neto no dia 12 de February de 2020 às 12:10
Foto: Reprodução/ Facebook

Os Ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que serão responsáveis sobre a análise do processo de federalização do caso do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, devem manter a investigação no Rio de Janeiro.

Segundo a revista Veja, grande parte dos ministros da 3 seção, que tem julgado o caso, entendem que as investigações devem seguir na responsabilidade da Polícia Civil do Rio de Janeiro.  Este também é o desejo da família das vítimas.

O processo deve começar a ser analisado em março, quando acontecem duas reuniões do colegiado. A ministra Laurita Vaz é quem decide se o caso vai a julgamento ou não.

 

LEIA TAMBÉM:

Vendas do comércio crescem 1,8% em 2019, diz IBGE

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar