publicidade

Política

Bolsonaro questiona presença de transgêneros no esporte

por Daniel Serrano no dia 14 de January de 2020 às 12:30
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro usou sua conta no Twitter no começo da noite da última segunda-feira (13) pedindo a opinião de seus seguidores sobre a presença de atletas transgêneros no esporte. Bolsonaro postou uma chamada de um site que traz a ideia de alguns políticos dos Estados Unidos sobre a criação leis que proíbam atletas transexuais de competir com mulheres. "Qual a sua opinião?", postou o presidente, sem afirmar que pensa sobre o tema.

De acordo com o jornal americano The Wall Street Journal, no último dia 7 que os estados de New Hampshire, Washington, Geórgia, Tennessee e Missouri estudam proibir competidores transgêneros em competições femininas. No Brasil, o assunto ganhou força em 2019, quando a jogadora Tifanny Abreu se tornou a primeira atleta transgênero a disputar a Superliga feminina de vôlei.

Em abril de 2019, o deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, disse que é "inaceitável e ridículo" a permissão da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) para que transexuais disputassem a Superliga feminina. Na ocasião, a CBV declarou ao jornal Folha de São Paulo que "adota como critério nos casos tidos como de transgêneros/transexuais, o consenso do Comitê Olímpico Internacional (COI) de novembro de 2015 sobre o reposicionamento de gênero e hipoandrogenismo".

 

LEIA TAMBÉM: Governo do Irã prende responsáveis por queda de avião

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar