publicidade

Brasil

Policial acusado de matar a menina Ágatha pode pegar até 30 anos de prisão

por Antonio Neto no dia 03 de December de 2019 às 15:40
Foto: Reprodução

O policial militar Rodrigo José de Matos Soares foi denunciado hoje pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) pela morte da menina Ágatha Felix de 8 anos, no último dia de 20 de setembro.

Soares pode pegar de 12 a 30 anos de prisão caso seja condenado pelo crime de homicídio qualificado pelo qual é acusado.  O crime ocorreu no complexo do Alemão, Ágatha foi atingida com um tiro de fuzil nas costas enquanto voltava de escola.

Segundo a PM, Soares teve seu direito a porte de arma de fogo suspenso, foi desligado da corporação e não pode ter contato com testemunhas do crime, terá que atender chamado da Justiça sempre que solicitado, além de ser proibido de deixar o estado do Rio de Janeiro.

 

LEIA TAMBÉM:

Moradores queimam pneus em frente a casa do prefeito de Itabuna

 

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar