publicidade

Política

Secretário da Cultura é investigado por tentar contratar a esposa para cargo público

por Antonio Neto no dia 03 de December de 2019 às 14:00
Foto: Nelson Almeida/APF

O Ministério Público Federal (MPF) realiza uma investigação para saber se o secretário da Cultura, Roberto Alvim teria cometido crime ao tentar empregar sua própria esposa, a atriz Juliana Galdino.

Segundo o jornal O Globo, Alvim teria convidado a esposa para ser diretora artística de um teatro ligado ao Governo Federal.  Na época Alvim era diretor de arte cênicas da Funarte e tentou contratar Juliana sem licitação, o que daria a ela, controle de um orçamento de R$3,5 milhões.

A Procuradoria Geral da República prevê até cinco anos de prisão, caso fique comprovado que Alvim tentou a contratação, o que violaria a Lei de Licitações.  O secretário negou as acusações mesmo após o jornalista Ancelmo Gois divulgar um documento que prova o convite feito a esposa.

 

LEIA TAMBÉM:

Professores da rede municipal protestam contra demissão de profissionais do Reda

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar