publicidade

Brasil

Pela primeira vez na história, pretos e pardos são maioria nas universidades públicas brasileiras; aponta IBGE

por Antonio Neto no dia 17 de November de 2019 às 09:25
Foto: Reprodução

Em pesquisa durante todo o ano de 2018, mas somente divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no último sábado (16) os dados apontam que pela primeira vez as pessoas que se declaram pretos e pardos são maioria nas universidades públicas brasileiras.

O estudo aponta que os pretos e pardos representam 50,3% dos estudantes das instituições de ensino públicas.  Enquanto os outro 49,7% são compostos por pessoas que se declararam brancas ou outros.   Mas segundo o IBGE a parcela ainda é pequena, visto que o grupo abrange 55% da população brasileira.

Os dados também refletem na educação infantil. A frequência das crianças pretas e pardas de até 5 anos na creche ou escola cresce de 49,1% em 2016 para 53% em 2018. O abandono escolar também diminuiu, embora ainda seja maior do que entre brancos.

A taxa de analfabetismo das pessoas de 15 anos ou mais de idade, que passou de 9,8% em 2016 para 9,1% em 2018. Já o número de negros e pardos com pelo menos o ensino médio completo cresceu de de 37,3% para 40,3%, quando se leva em conta jovens de até 25 anos.

 

LEIA TAMBÉM:

Donald Trump é acusado de intimidar testemunhas de seu processo de impeachment

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar