publicidade

Entretenimento

Luciano Huck comemora golpe na Bolívia, apaga tuíte e faz postagem conciliadora

por Daniel Serrano no dia 11 de November de 2019 às 10:30
Foto: Reprodução / TV Globo

O apresentador Luciano Huck usou sua conta no Twitter para comentar o golpe militar na Bolívia, que resultou na renúncia do presidente Evo Morales à Presidência do país. Huck definiu o fato como “chance única para renovar a democracia boliviana”. Entretanto, ele apagou o tuíte uma hora depois e escreveu uma mensagem mais conciliadora, repudiando “todas as manifestações que vão contra a democracia”.

Apesar de não ter declarado publicamente, Huck tem se aproximando do cenário político e empresarial brasileiro, visando uma possível candidatura Presidência da República em 2022. Ele vem se posicionando com mais frequência no debate político nacional e internacional.

Depois da renúncia de Evo Morales, que deixou o cargo depois de sofrer um ultimato das Forças Armadas, Huck comemorou o ocorrido e criticou a tentativa de Morales em “se perpetuar no poder”. “A renúncia de Evo Morales é uma chance única para renovar a democracia boliviana. Errou ao tentar se perpetuar no poder. Errou ao não permitir uma saudável alternância no cargo, culminando num pleito fraudado segundo a OEA. Agora é juntar os cacos e cuidar p/ q não haja rupturas”, tuitou.

A postagem foi elogiada por seguidores do campo ideológico da direita, mas foi duramente criticado por usuários que postaram fotos de casas incendiadas outras agressões promovidas pelos militantes de oposição a Evo. O ex-presidente boliviano denunciou que opositores queimaram a casa de sua irmã, além de terem promovido uma perseguição a militantes e lideranças de seu partido, o Movimiento Al Socialismo.

Após a repercussão, Huck apagou o post e postou: “Espero q a Bolivia, restabeleça a sua democracia; eleições livres, e livres de fraudes. O Estado Democrático de Direito deve ser respeitado. Repudio todas as manifestações q vão contra a democracia, daqueles q fraudam eleições ou dos q usam da força p/ depor um presidente”.

 

 

LEIA TAMBÉM: Homem fica ferido após batida entre moto e um carro na Av. Luís Eduardo Magalhães

Notícias: Entretenimento

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar