publicidade

Mundo

Ao menos 269 morreram após repressão a protestos no Iraque, diz ONU

por Daniel Serrano no dia 08 de November de 2019 às 13:10
Foto: Reprodução / Twitter

A Organização das Nações Unidas (ONU) confirmou nesta sexta-feira (8) que pelo menos 269 pessoas morreram nos protestos que acontecem no Iraque nas últimas semanas. Segundo a organização, manifestantes vêm sofrendo forte repressão das forças de segurança do país. Além disso, há registro de grupos armados que têm cometido assassinatos deliberados.

“O número exato de vítimas pode ser muito maior. A maioria delas foi atingida por munição real disparada por forças de segurança e elementos armados, que muitos descreveram como milícias privadas”, disse o porta-voz do escritório da ONU, Rupert Colville.

A ONU também acompanha denúncias sobre as prisões de manifestantes e ativistas. A “falta de transparência”, no entanto, de acordo com instituição, tem atrapalhado as investigações. Além dessas prisões, houve relatos que revelam casos de sequestro de manifestantes e voluntários que vieram aos protestos para ajudar.

 

LEIA TAMBÉM: Anitta fará show na final da Libertadores entre River e Flamengo

Notícias: Mundo

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar