publicidade

Política

Secretário da Receita Federal, Marcos Cintra é demitido por Paulo Guedes

por Redação Radar da Bahia no dia 11 de September de 2019 às 16:20
Foto: Leo Pinheiro / Valor / Agência O Globo

O entusiasta que vinha defendendo a adoção de um novo tributo sobre transações financeiras - uma espécie de reedição da extinta CPMF - foi demitido nesta quarta-feira (11) pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Marcos Cintra estava no cargo de secretário da Receita Federal. 

Com a demissão de Cintra, o auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto assume interinamente o cargo. De acordo com informações divulgadas pela Revita Veja, em publicação nesta semana, o exemplar trouxe os planos do governo para o novo imposto, cuja alíquota começaria em 0,19% e, em dois anos, atingiria 0,67%. 

O novo imposto sobre pagamentos é alvo de críticas de especialistas e já criava resistência antes mesmo da apresentação da reforma tributária do governo. Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, já rechaçou publicamente a possibilidade de que a criação do imposto seja aprovado pelo Congresso Nacional. 

Segundo a Veja, o Ministério da Economia diz em nota que “a proposta somente será divulgada depois do aval do ministro Paulo Guedes e do presidente da República, Jair Bolsonaro”.

 

LEIA TAMBÉM:

Motorista perde controle, sobe canteiro e atropela operários na Bonocô

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar