publicidade

Brasil

Justiça nega habeas corpus para "Viúva da Mega-Sena"

por Paulo Araújo no dia 11 de September de 2019 às 13:25
Foto: Reprodução/TV Globo

A Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido de habeas corpus feito pela defesa de Adriana Ferreira Almeida, a "Viúva da Mega-Sena". A informação é do G1.

Adriana foi condenada a 20 anos de prisão por ter mandado executar seu marido, René Sena, em 2007. René era deficiente físico e ganhou R$ 52 milhões em um sorteio da Mega-Sena.

Segundo as investigações, Adriana contratou ex-seguranças do marido para executar o crime.

“À mingua de ilegalidade ou abuso de poder contra a liberdade de locomoção da paciente, o Habeas Corpus desvia-se de sua finalidade e torna-se, por consequência, inadequado para o único fim de reformar a sentença condenatória do Tribunal Popular, que é o que remanesce”, escreveu o desembargador Cláudio Tavares de Oliveira Júnior, na decisão que negou o habeas corpus.

 

LEIA TAMBÉM:

Postos da capital sofrem com problemas de desabastecimento de vacina pentavalente

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar