publicidade

Cidade

Postos da capital sofrem com problemas de desabastecimento de vacina pentavalente

por Whaley Emmanoel no dia 11 de September de 2019 às 12:20
Foto: Divulgação / Prefeitura de Ipatinga

A Bahia tem enfrentado um sério problema de desabastecimento da vacina pentavalente que protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e hemófilo B. 

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), que recebe a imunização do Ministério da Saúde e repassa para as gestões municipais, reconhece o problema no recebimento de lotes do imunizante e atribui a responsabilidade ao governo federal.

Já a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) alegou a existência de um desabastecimento nacional das vacinas pentavalente. Salvador recebeu do Ministério da Saúde o último repasse no mês de julho, segundo a pasta.

A secretaria destacou que apesar do baixo estoque, a capital ainda conta com o imunizante em alguns postos dos distritos Barra/Rio Vermelho, Subúrbio Ferroviário e Liberdade. Já nos postos da Mata Escura, Tancredo Neves, Saboeiro, na frente do Fórum Rui Barbosa e na Engomadeira não há vacinas, e de acordo com informações da SMS, não tem previsão de chegada dos novos lotes.

 

LEIA TAMBÉM:

Mulher morre e três pessoas ficam feridas em acidente na BR-430

Notícias: Cidade

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar