publicidade

Brasil

Dados do Inpe apontam que setembro registra quase cinco mil focos de queimadas na Amazônia

por Daniel Serrano no dia 09 de September de 2019 às 11:30
Foto: Amanda Perobelli / Reuters

O sistema de monitoramento de focos ativos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) aponta que no mês de setembro registra 4.935 focos de queimadas no bioma Amazônia. O dado é o mais recente do Programa Queimadas e divulgado no último domingo (8). O sistema tem atualização diária.

Do início de janeiro até o dia 8 de setembro de 2019, o bioma Amazônia acumula 51.760 focos de queimadas. No mesmo período do ano passado, esse número era de 34.995 focos, o que significa um aumento de 48%. Já o mês de setembro registrou menos focos ativos em relação ao mesmo mês de 2018. Até o dia 8, são 12.285 focos de queimadas em setembro deste ano, ante 17.705 nos mesmos dias do ano passado.

No acumulado do ano, de janeiro até 8 de setembro de 2019, o sistema registra 102.786 focos no Brasil. O número é 45% maior do que os 70.631 focos observados no mesmo período do ano passado.

Desde o início do monitoramento, em 1998, em quase todos os anos o número total de focos no mês de setembro é maior do que o de agosto. Dos últimos 21 anos, somente em cinco deles o mês de setembro teve menos focos do que agosto.

 A média mensal dos últimos anos para setembro no bioma Amazônia é 33.426 focos. O recorde para o mês foi registrado em 2007, quando o índice chegou a 73.141 focos.

 

LEIA TAMBÉM: Por conta do mau tempo, travessia Salvador-Morro de São Paulo tem conexão em Itaparica

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar