publicidade

Brasil

Justiça suspende prisão domiciliar de Roger Abdelmassih por suspeita de fraude

por Felipe Oliveira no dia 13 de August de 2019 às 17:40
Foto: Reprodução/GloboNews

Nesta terça-feira (13) a Justiça de São Paulo suspendeu a prisão domiciliar de Roger Abdelmassih por suspeita de fraude nas declarações das condições de saúde do ex-médico que sustentaram o pedido para que ele cumprisse a pena em casa.

O mandado de prisão, expedido pela juíza Andrea Barreira Brandão nesta segunda (12), faz com que o médico fique ao menos 30 dias preso para que seja realizada a perícia técnica. A investigação da suposta fraude foi determinada pela Justiça em julho.

Abdelmassih cumpre prisão domiciliar desde 2017, tendo sido condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros em 37 pacientes de sua clínica.

Leia também:

Tufão Lekima deixa 49 mortos e quase 100 desaparecidos na China

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar