publicidade

Política

Por unanimidade, PSL decide expulsar Alexandre Frota, crítico do governo e correligionário do partido

por Neison Cerqueira no dia 13 de August de 2019 às 11:43
Foto: Michel Jesus / Agência Câmara

O deputado federal pelo PSL, Alexandre Frota, foi expulso do partido após reunião da sigla nesta terça-feira (13), em Brasília. O correligionário criticou o governo do presidente Jair Bolsonaro e foi expulso por unanimidade. 

No ano passado, Frota apoiou a candidatura de Bolsonaro, mas situações durante o período o desagradou. Ele, inclusive, não votou no segundo turno da reforma da Previdência. Além disso, Frota também criticou a possível ida de Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, para a embaixada do Brasil em Washington, nos EUA.

O presidente nacional da legenda, Luciano Bivar, era o principal apoiador da expulsão. Ele se engajou em angariar votos a favor da medida. A informação é da coluna Painel, da Folha de S. Paulo. 

 

LEIA TAMBÉM:

Oposição de Macri na Argentina, Fernández responde a Bolsonaro e o chama de 'racista, misógino e violento'

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar