publicidade

Política

Líder do Governo no Congresso afirma que teve celular clonado: "Exatamente o que aconteceu com Moro"

por Paulo Araújo no dia 22 de July de 2019 às 09:50
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A líder do Governo Federal na Câmara dos Deputados, Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmou neste domingo (21) que teve o seu celular clonado. A informação é do G1 e do repórter Nilson Klava, da GloboNews.

"Assim como aconteceu com o celular do nosso ministro Sérgio Moro, o meu telefone foi clonado, foi invadido, foi clonado e há bandidos, farsantes encaminhando mensagens em meu nome, através do [aplicativo de mensagens] Telegram", afirmou.

A política disse que descobriu a clonagem quando um jornalista entrou em contato com ela. "Eu tive a certeza disso depois que esses farsantes procuraram, via Telegram – Telegram que eu não uso há muito tempo, desde a época da campanha – procuraram o jornalista bastante conhecido no Brasil, o jornalista Lauro Jardim, e, de madrugada, eu chego em casa e tem uma ligação do Lauro Jardim no meu telefone", acrescentou.

"Eu achei extremamente estranho. Uma ligação de madrugada, que história é essa? Uma ligação em um horário desses. Mandei mensagem, e ele [Lauro Jardim] me respondeu: 'Estou respondendo às suas mensagens no Telegram'. Só que eu não mandei nenhuma mensagem, em Telegram nenhum", disse.

Hasselmann ainda fez um paralelo entre o que aconteceu com ela e a invasão ao celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

"Como se fosse possível que eu ligasse para mim mesma. Exatamente o que aconteceu aí com o ministro Sergio Moro", disse.

O caso já foi reportado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. 

 

 

LEIA TAMBÉM:

Após 20 quedas consecutivas, expectativa de crescimento do PIB tem leve alta



Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar