publicidade

Política

Bolsonaro reduz participação popular em Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas

por Paulo Araújo no dia 22 de July de 2019 às 08:50
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro reduziu a participação popular no Conselho Nacional de Política sobre Drogas (Conad). A mudança foi divulgada nesta segunda-feira (22), no Diário Oficial da União. A informação é do G1.

O Conad foi formado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006. Faziam parte do Conselho representantes dos governo federal; de conselhos estaduais antidrogas; organizações, instituições e entidades da sociedade civil; e especialistas indicados pelo presidente do Conad.

Bolsonaro excluiu as organizações, instituições e entidades da sociedade civil e especialistas indicados pelo presidente do Conad da lista de representantes que poderão integrar o Conselho.

O Conad permanecerá sendo administrado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. 

 

LEIA TAMBÉM:

Ambulância da ViaBahia deixa uma pessoa morta em acidente na BR-116

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar