publicidade

Economia

Vendas do comércio caem para 0,1% em maio, sendo o 2º recuo mensal seguido

por Nangel Santana no dia 11 de July de 2019 às 10:00
Foto: reprodução

O volume de vendas do comércio varejista caíram 0,1% em maio, na comparação com o mês anterior, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já na comparação com maio do ano passado, houve alta de 1%.

Com o resultado, o varejo brasileiro acumula ganho de 0,7% nos cinco primeiros meses do ano.

Em 12 meses, avanço passou de 1,4% em abril para 1,3% em maio, reforçando o cenário de economia estagnada. "Ficou praticamente estável pelo terceiro mês seguido", destacou o IBGE.

O comércio acompanhou o ritmo fraco da indústria, que registrou uma queda de 0,2% na produção em maio, como divulgado no dia 2 pelo IBGE. O instituto revisou o resultado de abril e apontou que a queda no volume de vendas foi de -0,4%, menos que a divulgada de anteriormente, que era de -0,6%.

Das 8 atividades pesquisadas, 6 registraram alta na passagem de abril para maio. Os segmentos que pressionaram o resultado do mês foram outros artigos de uso pessoal e doméstico (-1,4%) e combustíveis e lubrificantes (-0,8%).

Já o indicador do comércio varejista ampliado, que inclui as vendas de veículos, motos, partes e peças e de Material de construção, teve alta 0,2% em relação a abril, e avanço de 6,4% frente a maio do ano passado.

Veja o desempenho de segmentos em maio:

  • Combustíveis e lubrificantes: -0,8%
  • Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo: 1,4%
  • Tecidos, vestuário e calçados: 1,7%
  • Móveis e eletrodomésticos: 0,6%
  • Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria: 0,9%
  • Livros, jornais, revistas e papelaria: 0,4%
  • Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação: 2,2%
  • Outros artigos de uso pessoal e doméstico: -1,4%
  • Veículos, motos, partes e peças: -2,1%
  • Material de construção: -1,8%

 

 

 

 

LEIA TAMBÉM: 

Confira como a bancada baiana na Câmara dos Deputados votou a reforma da Previdência

Notícias: Economia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar