publicidade

Esportes

Bellintani volta a cobrar a CBF por erros: "Não queremos ganhar no grito. O VAR é para acabar com o grito"

por Neison Cerqueira no dia 11 de July de 2019 às 10:22
Foto: Divulgação / EC Bahia

O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, voltou a criticar o uso do VAR nas partidas contra o clube. Desta vez, o dirigente reclamou de um possível pênalti não marcado a favor do Bahia na partida contra o Grêmio na noite desta quarta-feira (10). A partida estava 1 a 0 para o Grêmio e na sequência do lance, o Bahia conseguiu empatar a partida. 

No Twitter, Bellintani questionou: "Grêmio x Bahia ontem. Para mim, “o braço faz seu corpo artificialmente maior (amplia o espaço)” (texto da regra). Pênalti. Para a @CBF_Futebol, não foi pênalti: “braço natural, foi checado”. É preciso explicar quando o braço é “artificial” (seria pênalti) ou “natural” (não seria)."

Em outro tuíte, já com a imagem da bola batendo no braço do lateral-esquerdo gremista, Cortez, o presidente explica: "Olha a imagem; não vejo como esse bração aí ser natural. Mas como agora decidiu-se oficialmente que esse movimento é natural, será difícil marcar um pênalti com lance de mão daqui pra frente. Pra ser artificial terá de ser escandaloso. Comparemos com esse os penaltis que virão", escreveu.

Bellintani seguiu fazendo questionamentos e utilizou uma imagem da partida entre Athlético Paranaense e Flamengo, também pelas quartas de final da Copa do Brasil, em que o goleiro Diego Alves pega a bola com a mão na meia lua. Pela regra, ele deveria ter sido expulso. "Tb ontem, no jogo Athletico x Flamengo, olha o lance que seria para expulsão e o VAR sequer foi acionado. Como explicar? Meia-lua agora é grande área?", perguntou.

Por fim, o dirigente ressaltou as polêmicas envolvendo o Árbitro de Vídeo na Copa América e citou erros crassos de quem manuseia a tecnologia do VAR no Brasileirão. "Após polêmicas antes da C América, com impedimento sinistro em Bahia x Inter e @CSAoficial muito prejudicado contra o Flamengo, a @CBF_Futebol declarou isso aqui. Campeonato tá de volta e nada. Não queremos ganhar no grito. O VAR é para acabar com o grito. Mas tem que se ajudar", disparou. A imagem compartilhada por ele, trata-se de uma resposta da CBF sobre os erros envolvendo os clubes das partidas citadas. Na oportunidade, a CBF afirmou que os erros seriam reparados com o retorno dos campeonatos que têm a utilização do VAR.

 

LEIA TAMBÉM:

Confira como a bancada baiana na Câmara dos Deputados votou a reforma da Previdência

 

Notícias: Esportes

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar