publicidade

Política

"Aqui é o hacker", afirma criminoso em grupo do Conselho Nacional do Ministério Público no Telegram

por Paulo Araújo no dia 12 de June de 2019 às 14:01
Foto: Reprodução/Twitter

Mensagens enviadas em um grupo de membros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNPM) no aplicativo Telegram, chamaram atenção de procuradores para uma possível invasão de hacker. Uma das mensagens afirma que o que foi revelado pelo site The Intercept Brasil, no último domingo (9), é apenas "uma amostra do que vocês vão ver na semana que vem". A informação é da agência Estadão Conteúdo.

As mensagens foram disparadas na noite desta terça-feira (11), pela conta do conselheiro Marcelo Weitzel Rabello de Souza. Os colegas estranharam o tom da conversa, mas pensaram tratar-se de uma brincadeira do colega. Após o diálogo, o homem se identificou: "Aqui é o hacker".

Os membros do grupo ligaram para Souza e o conselheiro afirmou que não estava usando o aplicativo no momento. Souza ainda negou que tenha feito uma brincadeira com o colegas. Fontes ouvidas pela Estadão Conteúdo apontam que um dos membros do grupo invadido é a procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

 

LEIA MAIS:

Líderes de partidos querem excluir estados de texto da Previdência; medida seria temporária

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar