publicidade

Política

Moro se coloca à disposição e vai depor dia 19 no Congresso

por Isabela Rocha no dia 11 de June de 2019 às 17:18
Foto: Agência Brasil

Em ofício enviado nesta terça-feira (11) pelo líder do governo na Casa à Mesa do Senado, mostra que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, se colocou à disposição do Senado para prestar esclarecimentos sobre o teor das conversas vazadas pelo site The Intercept Brasil com o procurador Deltan Dallagnol no curso das investigações da Operação Lava Jato. O líder do governo na Casa, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), afirmou que o ministro poderia comparecer na próxima quarta-feira (19).

Feito o convite, Moro seria ouvido Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde esteve em março para explicar as diretrizes da pasta e o pacote anticrime enviado ao Congresso. A data do possível depoimento do ministro será definida pela presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MS). O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), confirmou o recebimento do documento. No ofício, Bezerra diz que o governo confia na "lisura" e "correção" de Moro como juiz federal, "refutando as críticas e ilações a respeito da sua conduta à frente da Operação Lava Jato".

Os diálogos entre Moro e Deltan mostram que o ex-juiz atuou como uma espécie de supervisor da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba. Juristas avaliam que o comportamento de Moro seria antiético e põe em xeque as decisões proferidas no período em que esteve à frente da 13ª Vara Federal Criminal.

 

Reprodução

 

LEIA TAMBÉM:

APAGÃO! Estação da Lapa fica sem energia nessa terça (11)

Notícias: Política

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar