publicidade

Brasil

Polícia indicia ex-presidente do Flamengo e mais sete por incêndio no Ninho do Urubu

por Paulo Araújo no dia 11 de June de 2019 às 12:40
Foto: Reprodução/GloboNews

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou por homicídio com dolo eventual - quando é assumido o risco de matar - o ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo, e mais sete pessoas pelo incêndio que matou 10 garotos da base do clube, no Ninho do Urubu, em fevereiro deste ano. A informação é do G1.

O delegado responsável pelo inquérito, também pediu o indiciamento de engenheiros do Flamengo e da empresa NHJ, responsável pelos contêineres que serviam de dormitórios para os jogadores da base Rubro-Negra.

O laudo da Polícia Civil sobre o caso aponta que o incêndio começou após um curto-circuito em um aparelho de ar-condicionado. O material de revestimento dos contêineres ajudou a propagar o incêndio.

 

LEIA MAIS:

Salvador terá esquema especial de trânsito para Copa América

Notícias: Brasil

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar