publicidade

Bahia

Sisu oferece 6,8 mil vagas em universidades na Bahia; confira as universidades

por Isabela Rocha no dia 24 de May de 2019 às 06:45
Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (23), o Ministério da Educação abriu a consulta para as oportunidades do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em todo o Brasil. Na Bahia, são 6.809 vagas disponíveis em 32 cidades. Preenchidas, elas formarão mais de 220 novas turmas nos diversos cursos. No estado, nove instituições utilizam o Sisu para seleção de alunos, entre estaduais e federais. No primeiro semestre deste ano, o Sisu ofereceu mais de 15 mil vagas na Bahia - 4,9 mil delas foram somente na capital. 

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) tem o maior núero de vagas - 1.532 -, seguida da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), com 1.375, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), com 1.065, da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), com 1.007, do Instituto Federal da Bahia (Ifba), 990, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), com 391, do IFBaiano, com 200, da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), 145, e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), com 104 vagas.

Para tentar uma das vagas do Sisu, o candidato precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não pode ter tirado nota zero na redação. Até o próximo dia 4 de junho, só será possível consultar as vagas. No dia  4, as inscrições serão abertas. Quem for aprovado já começa a fazer a matrícula para o curso no dia 12 de junho. Para se inscrever, o candidato precisa acessar o site oficial do programa (sisu.mec.gov.br) e informar  número de inscrição e senha do Enem  2018.

Da abertura das inscrições no Sisu até o dia 7, os concorrentes poderão selecionar duas opções de curso para tentar uma vaga. As informações no sistema são atualizadas durante o período e o aluno pode mudar de ideia de acordo com sua posição no ranking do curso escolhido. Ou seja, se a nota não for suficiente, há tempo para mudar para uma que se encaixe.

 

LEIA TAMBÉM:

Ministros formam maioria e votam por enquadrar homofobia como crime de racismo

Notícias: Bahia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar