publicidade

Mundo

Família de brasileiros morre em apartamento no Chile; suspeita é de vazamento de gás

por Isabela Rocha no dia 23 de May de 2019 às 08:04
Foto: Reprodução

Na noite desta quarta-feira (22), o Ministério de Relações Exteriores confirmou a morte de seis turistas brasileiros,em um apartamento na cidade de Santiago, no Chile. A suspeita é que um vazamento de gás tenha sido a causa da tragédia. De acordo com informações da imprensa local, todo o prédio teve que ser esvaziado. Os corpos foram encontrados por um diplomata do Consulado do Brasil em Santiago após um delegado brasileiro emitir um alerta.

Conforme o Itamaraty, o delegado foi acionado por familiares das vítimas. As autoridades ainda não sabem o que causou o vazamento, nem por quanto tempo as vítimas inalaram o gás.

Uma prima de um dos brasileiros informou ao G1, a identidades das vítimas. Cinco deles eram catarinenses. A polícia ainda não confirmou oficialmente as identidades.

Morreram o casal Fabiano de Souza, 41 anos, e Débora Muniz Nascimento de Souza, 38 anos, além da filha Caroline Nascimento de Souza, que completaria 15 anos nesta semana, e do filho Felipe Nascimento de Souza, 13. A família morava em Biguaçu, na Grande Florianópolis.

Também foram encontrados mortos Jonathas Nascimento Kruger, 30 anos, catarinense e irmão de Débora, e a esposa dele, Adriane Krueger, goiana. O casal morava em Hortolândia (SP).

 

LEIA TAMBÉM:

HAJA GRANA! Globo vai reduzir salários de apresentadores; confira quanto ganha cada um

 

Notícias: Mundo

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar