publicidade

Polícia

Suspeito de assalto e participante são presos em ato contra o corte de verbas do MEC

por Neison Cerqueira no dia 15 de May de 2019 às 18:52
Foto: O Povo Online

A manifestação que reuniu cerca de 70 mil pessoas na manhã desta quarta-feira (15), no Campo Grande, teve duas prisões confirmadas pela Polícia Militar. Um participante do ato contra os cortes do Ministério da Educação e um suspeito de assalto que se infiltrou no ato foram presos e levados pela polícia.

De acordo com a PM, o suspeito roubou uma mulher e aproveitou a manifestação para se esconder, mas foi capturado. Em nota, a PM disse que um dos manifestantes, acreditando que o soldado prendia um estudante, "de forma alterada, tentou impedir a condução do criminoso".

Um dos participantes que estavam em cima do trio que conduzia o protesto anunciou a ação da polícia. Manifestantes cercaram os agentes do 18º Batalhão da Polícia Militar que realizavam a prisão, que foram vaiados por participantes do protesto. Houve gritos de "polícia facista".

Os detidos foram levados para a 1ª Delegacia dos Barris. A identidade deles não foi revelada.

 

LEIA TAMBÉM:

Regras do emplacamento Mercosul são reavaliadas pelo Detran e Denatran

Notícias: Polícia

publicidade

publicidade

© Copyright 2018 - Radar da Bahia - Grupo Radar